sábado, 23 de agosto de 2008

O Danúbio Azul

Photobucket

Visitei a fonte do Danúbio há alguns anos (foto acima), e a vendo assim tão singela e simples é difícil imaginar que é a origem de um dos rios mais importantes da Europa, que atravessa 10 países, 4 capitais e foi testemunha de muitos acontecimentos marcantes na história da Europa central e oriental, como guerras, aparição e desaparecimento de impérios e nações. Mas ele tem também seu lado romântico, como nos lembra Strauss com seu Danúbio Azul.

Para este fim de semana proponho a vocês este passeio seguindo o Danúbio de sua fonte na Floresta Negra na Alemanha até seu delta no mar Negro, entre a Ucrânia e a Romênia. Dos lugares em que o vi, eu o achei mais belo em Budapeste. E vocês, o que acham?



Alto da Página

17 comentários:

disse...

Budapest... Budapest... Quase uma miragem...Bom fim de semana beijos.

Absconditum Mentis disse...

Que poderei dizer Maria, a não ser extravasar o que me passou na mente aquando da fusão entre imagem e som.
Arrepios na espinha.

Maravilhoso.
Voltarei.

Eduardo P L disse...

Terá algum rio mais famoso? O Nilo? Talvez! Mas não tão romântico.!

Lindo passeio! Parabéns e bom fim de semana!

sonia a.m. disse...

Um belo tour, Maria Augusta! Imagens lindas acompanhadas pela famosa música!

Desejo um lindo final de semana para você!
Beijos.

instantes e momentos disse...

muito bonito e bem feito teu blog. Parabens, gostei muito daqui. Bom de ver, de ler, de escutar. Lindo
Foi como tivesse passeado aqui.
Obrigado pelo blog.
Tenha um belo final de semana.
Maurizio

Celia disse...

Preciso mesmo dizer M.Augusta???rsrs. Essas fotos estao belissimas. Deu até vontade de fazer as malar e ir ver essa maravilha. Bom fim de semana. Bj

Clecia disse...

Lindo mesmo!Adorei as fotos do Danúbio,que um dia espero conhecer.Bjos e um ótimo fim de semana!

Mário disse...

Viajei aqui na sinfonia maravilhosa e imagens tão lindas.

Luma disse...

O que eu acho? lembro dos vários clubes ao ar livre em Budapeste. Na beira do Danúbio, um com 2 pistas ao ar livre e umas cabaninhas onde dá pra sentar e ver a vista do castelo e a ponte iluminados, tudo muito romantique e lindo!

Maria Augusta disse...

Vi, Budapeste é uma cidade muito bonita e romântica, né? A única coisa chata lá é o nome das ruas, que com aqueles alfabeto estranho deles não se consegue ler os nomes das ruas (rs). Beijos.

Absconditum, esta valsa da vontade de sair dançando, né? E pensar naqueles filmes da Sissi...
Obrigada pela visita.
Um abraço.

O Danúbio poderia ser eleito sim o rio mais romântico, tem também o Sena, mas este é romântico principalmente em Paris enquanto o Danúbio atravessa vários países.
Abraços.

Maria Augusta disse...

Sonia, achei que um passeio com belas imagens acompanhado por uma música gostosa poderia proporcionar um momento agradável aos visitantes deste Jardin.
Um grande beijo.

Maurizio, obrigada pela visita e comentário, volte sempre, será um prazer.

Célia, você não esta muito longe, dá para dar um pulo nestes lugares banhados pelo Danúbio, tem até cruzeiros que o percorrem...
Um beijo.

Maria Augusta disse...

Clécia, Strauss estava mesmo muito inspirado quando compôs esta música, né?
Um beijo e obrigada pela visita.

Mario, que bom que gostou. Obrigada pela visita. Um abraço.

Luma, e é verdade que Budapeste é na verdade 2 cidades, Buda à esquerda e Peste à direita do Danúbio...em todo caso as pontes sobre o Danúbio que as unem são muito bonitas.
Beijos.

Cátia disse...

que beleza!que sitio lindo!
estou sem palavras!

Georgia disse...

Maria Augusta, lindas imagens.

Christian e eu já moramos perto de Donaueschingen e ver o Donau nascendo ali na fonte azul é lindo demais. Aliás nesta cidade há muitos Spars na água, casa de repouso e terapias, todas envolvendo água. Nao sei como chamar em português, rs. Mas há muitas hidroginásticas. É uma linda cidade. Mas acredito que em Budapeste deve ser mesmo um espetáculo.

Abracos

Dora disse...

Maria Augusta. Andei ausente um bocadinho dos blogs...mas, hoje entrei aqui e deixei todo mundo doido (perto de mim) com a altura que coloquei o som da valsa de Strauss( que delícia!).
Eu quero acompanhar você sobrevoando o Rio Danúbio até a foz! (E a música vai acompanhar?)
Fico imaginando por quanta História passaram as águas desse rio...
Deve ser emocionante contamplá-lo, em qualquer recanto por onde ele serpenteia...
E você nos levará nessa viagem!
Beijos.
(depois que escrevo aqui, fico ouvindo as canções que você coloca!).
Dora

Maria Augusta disse...

Catia, obrigada pela visita e volte sempre.
Um abraço.

Georgia, realmente vendo aquela fonte difícil imaginar o rio no qual ele vai se transformar, né? Como em Budapeste, onde ele já é imponente e muito valorizado pelas pontes e pelos monumentos que o margeiam, é uma cidade muito bonita. Um beijo.

Dora, eu o vi na Alemanha, na Áustria e na Hungria, não o conheço até a foz. Parece que atualmente eles fazem cruzeiros que o percorrem, deve ser muito romântico. Um beijo.

Lunna Montez'zinny disse...

Um passeio para se permitir se perder sem desejar se encontrar. Hummmm...