quarta-feira, 13 de fevereiro de 2008

Protegendo o Futuro


A proposta deste blog é de falar de coisas boas...mas às vezes para preservá-las é preciso combater as más e é porisso que aderi à esta blogagem coletiva "Contra a Pedofilia Em Defesa da Inocência".

Este problema da pedofilia é um dos mais graves de nossa época, e isto no mundo inteiro. O que está acontecendo na nossa sociedade para provocar este desvio? Por que as pessoas cada vez mais tentam aproveitar de crianças indefesas? Será por doença, será por se sentirem incapazes de se aproximar dos adultos e serem rejeitados? Será por uma falta de valores, eles não são capazes de avaliar o mal que estão causando?

Não importa qual seja a razão, é preciso combater esta praga. Mas por onde começar, de que lado agir para impedir que novos atos como estes aconteçam? Não acredito que seja eficaz tentar dissuadir os agressores de cometer estes atos bárbaros, pelo menos com palavras. Fala-se muito em "castração química", ou em liberdade vigiada eletronicamente para os que já cometeram este crime, francamente não sei o que poderia proteger as crianças destes delinqüentes.

E quanto às vitimas, as crianças? Será que adianta nos endereçarmos diretamente a elas, que são bombardeadas de informações de todos os tipos, e que não tem ainda a vivência e o discernimento suficientes para reconhecer o perigo quando este se apresenta? Acho que não, os agressores são pessoas hábeis e ardilosas.

Logo, só nos resta fazer apelo aos pais. Estou consciente de que atualmente todos trabalham e o tempo disponível para estar ao lado das crianças é pequeno. Porisso, todo cuidado é pouco, é preciso estar sempre vigilante e alertar enfaticamente as crianças que elas não devem aceitar alimentos, presentes e principalmente carona de desconhecidos. Verificar quais são os sites Internet que elas freqüentam e insistir no fato que na "Net" um adulto pode facilmente passar por uma criança. Que ele não deve enviar fotos, e no caso de ir se encontrar com um novo amiguinho, sempre ser acompanhado por um adulto.

E principalmente, a coisa mais importante : cubram seus filhos de amor e carinho, pois se eles recebem atenção em casa, não sentirão necessidade de ir procurá-la junto a desconhecidos. E é um preço muito pequeno a pagar para preservar este patrimônio para o futuro de uma pessoa, que é uma infância feliz ou mesmo sua própria vida.




Conheça o Centro Nacional de Denúncia dos Crimes Cibernéticos








25 comentários:

Lina disse...

Olá Maria Augusta,

Sabe que essa é uma das coisas que me preocupe e muito em relação aos meus filhos. Mais ainda com a Luna, pelo fato de ser menina e não conseguir se comunicar muito bem, pela deficiencia auditiva.
Para poder acompanhar melhor sua vida escolar agora e ficar de olho em tudo que acontece de perto, estou trabalhando em casa e tento ensina-la os perigos que rondam nossas crianças hoje em dia.

Dizem que os pedofilos tem todo um perfil padrão patológico, não sei se podemos classificar como doença, pois essas pessoas são muito espertas no que fazem.

Muito bom esse post de hj e essa blogagem coletiva.

Aninha Pontes disse...

Maria Augusta querida, talvez você tenha tocado no ponto principal, atençaõ e cuidado redobrado com nossas crianças.
Amor acima de tudo, custa pouco e o resultado é fantástico.
Também como você não sei qual a solução para esses casos, por mais que penso, não chego a nenhuma conclusão.
O que fazer?
Tornarmos mais e masi vigilantes.
Parabéns pelo post.
Um beijo querida.

Betho Sides disse...

Muito bom, vc participar da blogagem, precisamos conscientizar a todos deste problema que cresce cada dia mais dentro dos lares do mundo todo, seu crescimento é tamanho, que dá para pensar, que esse traço de caráter é contagioso...abçs amiga Guta

Eduardo P.L. disse...

Maria Augusta,

muito boa sua abordagem do grave problema!
Essa "doença" sempre existiu, e se ouve contar muitas histórias de padres e estudantes!
Mas com o advento da internet, e das comunicações globais e instantâneas parece que vem aumentando....
Um verdadeiro horror e pesadelo para os pais! Para as crianças indefesas. Carentes.
Não coloquei o Varal nessa blogagem, por inteira incompetência minha, de tratar de assuntos tão pesados, de forma tão leve como você.
Parabéns!

Vi Leardi disse...

Maria Augusta,
que maneira maravilhosa de dar conselhos e alertas para,que as pessoas evitem que este crime terrível chegue perto de suas crianças.Difícil postar sobre assuntos como este,e vc o faz com maestria.
É uma preocupação constante,acho que se deve inclusive abrir este assunto da maneira mais apropriada,dependendo da idade ,com as próprias crianças,de maneira objetiva e muito clara, mesmo que isto possa assustá-las ...elas precisam estar muito alertas,especialmente na internet,e para isto, quanto mais informação e dialogo melhor.
Parabéns amiga...
grande beijo...

Ronald disse...

Maria Augusta, você propõe a solução mais eficaz e barata que existe. Amor, simplesmente, amor!

Um beijão

Anônimo disse...

Maria Augusta,

muito oportuno seu post. E muito bem conduzido, já que não é fácil tratar com leveza um tema tão pesado. Que ele tenha muitos e bons leitores!
Vi seu comentário no post que Aninha fez sobre meus livros, e te deixo um abraço especial. Muito obrigada.

Vivina.

Lunna Montez'zinny disse...

Infelizmente precisamos falar desse assunto porque infelizmente as pessoas são humanas e com reações que só nos permitem a estranhezas.
Também vou escrevi sobre o assunto e é triste saber que a pedofilia poderia ser evitada se os pais tivessem mais cuidados com seus filhos porque o pedofilo de hoje foi uma criança molestada ontem.
Excelente post o seu (como sempre). Abraços meus

Meire disse...

Guta, assunto delicadoe ste nè amiga..mas precisamos realmente, acima de tudo, cobrir nossos filhos de muito amor..a falta dele em casa os faz procurar fora.

Amei o post de Sao Valentim, eu estava aqui relendo uma carta que meu amor me enviou me pedindo para me casar com ele.

Um beijo e Felice San Valentino!

Fábio Mayer disse...

Combater esse crime é garantir o futuro da humanidade, pois crianças violadas que não viveram como deveriam a melhor época da vida, precisam ser preservadas.

Uma criança sem infância é um adulto violento e destruidor.

Fábio Mayer disse...

A criança que não vive sua infância inocente nas barras das saias da mãe, tende a virar um adulto neurótico, um senhor da guerra e da violência.

A questão é, claro, combater a pedofilia, mas também deve passar por devolver às crianças uma vida de criança, sem o sexismo e o consumismo de nossos dias, que, por sinal, as tornam vítimas mais fáceis para os criminosos.

Marcos disse...

Não podemos subestimar o poder de compreensão das crianças, toda a conversa a respeito do tema com elas, com uma linguagem que ela possa entender, é útil. Lembra-se como as mães advertiam as crianças a não conversarem com estranhos? Pois é, essa conversa ainda funciona. Todo e qualquer meio de vigilânci e alerta, mal não vai fazer.

Marcos disse...

Não podemos subestimar o poder de compreensão das crianças, toda a conversa a respeito do tema com elas, com uma linguagem que ela possa entender, é útil. Lembra-se como as mães advertiam as crianças a não conversarem com estranhos? Pois é, essa conversa ainda funciona. Todo e qualquer meio de vigilânci e alerta, mal não vai fazer.

Anônimo disse...

A criança sempre foi abusada de todas as formas..não é uma doença da sociedade moderna,infelizmente.
E especialmente as mulheres sabem bem!

Sombra do Sol disse...

Boa noite, nosso mundo da blogosfera é fascinante, sozinhos não somos nada, mas unidos temos forças para mover toda sociedade, pena que nem todos pensam assim.
A pedofilia é um crime hediondo, os pedófilos devem ser julgados e severamente punidos, não sei é se nossos governantes pensarão da mesma maneira. Pois se até mudam as leis para proteger alguns. Parabéns pelo seu post, muito bem elaborado. Ofereço minha amizade e minha admiração. Abraços fraternos do amigo.

Lulu on the Sky disse...

Vamos combater a pedofilia!!!
Os pedófilos mereciam ser castrados.
Tb participei desta blogagem.
Big beijos

.:Tati Sabino:. disse...

disse tudo moça..
temos que ficar sempre atentos, e orientar nossas crinças sobre os perigos do mundo real e virtual.. BJO!!
Olha só.. As blogagem coletiva tbm nos proporciona conhecer outros blogs..outros mundos..rs
até..

Karina disse...

Maria Augusta,
confesso q pensei muito, antes de entrar nessa blogagem, afinal, é um assunto indigesto. Mas não há como fingir que não acontece. Acredito que não seja um problema novo, mas que tomou proporções assustadoras com as facilidades do mundo virtual e com a dificuldade dos pais que precisam trabalhar e não tem tanto tempo disponível com os filhos.
Tbém não acredito que seja possível dissuadir os agressores, por isso preferi abordar o que creio ser a proteção ideal: o diálogo, permeado por muito amor e cuidado, como vc mencionou em seu post.
Bjks

luma disse...

Maria Augusta, obrigada por se aliar à blogagem coletiva! Nossa luta é diária contra os pedófilos e em defesa da inocência! Beijus

Sheherazade disse...

Passei aqui pela blogagem coletiva, da qual também participei.Excelente o seu texto. Parabéns!

Um abraço!!

Leonor Cordeiro disse...

Já visitei o seu blog outras vezes e sempre gostei do que encontrei por aqui.
Parabéns por sua participação na blogagem coletiva.
Grande abraço !
Leonor Cordeiro

Sahmany disse...

Tb adorei seu texto.
Parabéns.
Abraço

Sam disse...

Minha cara
você sempre consegue extrair o belo nos temas que apresenta aqui. Mesmo sendo um assunto tão dificil como este.
Hoje no Nossa Via no texto Em defesa da inocência eu escrevi sobre esta blogagem e a força que a blogosfera pode ter quando reunida e tratada como um meio de comunicação.
E no A Vida Como A Vida Quer eu publiquei Entrevista com Luma Rosa.
Beijos e boa semana
Sam

Ana disse...

O Blog Diga Não À Erotização Infantil e a Comunidade Diga Não À Pedofilia convidam todos os blogs e sites amigos da criança a participarem de duas blogagens coletivas nos dias 18 e 25 de maio( Dia Nacional De Combate Ao Abuso E Exploração Sexual Infanto-Juvenil e Dia Internacional Das Crianças Desaparecidas)

Mais informações:
http://diganaoaerotizacaoinfantil.wordpress.com/2008/04/28/dias-18-e-25-de-maio-blogagem-coletiva-em-defesa-da-infancia/

Participe conosco dessa luta, em defesa da infância!

Obrigada!

Sonia Novaes disse...

Maria Augusta

De todos as coisas ruins que acontecem nesse mundo,creio que o pior � a Pedofilia.
Para esse tipo de crime b�rbaro contra inocentes,acho que deveria haver pris�o perp�tua.
Quando leio algo sobre esse lament�vel fato,chego a ter nojo do ser humano.Porque n�o h� maldade maior do que um indiv�duo abusar sexualmente de uma crian�a,fico muito revoltada quando leio algo a respeito,me sinto t�o pequena,diante desses fatos horr�veis que n�o gosto nem de pensar.N�s que somos m�es,jamais admitir�amos que um filho nosso sofresse tal viol�ncia...n�o sei do que seria capaz.Sempre nas minhas ora�es,pe�o � Deus paz para o mundo e prote�o especial �s nossas crian�as.
Bem oportuno o seu questionamento,acredito que se o nosso pa�s tivesse penas mais r�gidas,muitas coisas poderim ser evitadas.
Ab�os
Sonia Novaes