terça-feira, 22 de abril de 2008

Em Busca do Paraíso Perdido



Nosso planeta é uma pedrinha no espaço girando em torno da estrela chamada Sol em um dos braços espiralados da galáxia chamada Via Láctea...um viajante espacial certamente nem prestaria atenção, a menos que ele estivesse procurando pela beleza... neste caso ele diria

- Que belo planeta azul, acho que enfim encontramos o paraíso!

Se aproximando, ele veria as montanhas e os vales, as calotas polares, os rios e as florestas e pensaria certamente :

- A natureza foi generosa com este lugar, seus habitantes devem ser muito felizes.

Manobrando para aterrissar ele já veria as nuvens de pássaros, e com seus instrumentos os peixes no fundo do mar, os animais nos campos e florestas. Veria e estranharia aquelas outras criaturas que estão em todo parte : no mar com seus barcos e escafandros, no fundo do mar com seus submarinos, no ar com seus aviões, na terra com suas casas e carros ...


Photobucket


Aterrissando sobre uma praia, observava extasiado a natureza ao redor quando um habitante do planeta se aproximou e vendo sua admiração, comentou :

- Aproveite este espetáculo, pois talvez ele não dure por muito tempo.

- Pois é, a conquista espacial ainda é recente, mas o espaço em torno da Terra já está repleto de detritos de satélites.

- As calotas polares estão se fundindo devido ao aquecimento climático.

- As verdes florestas estão desaparecendo devido à deflorestação.

- A biodiversidade está se empobrecendo devido ao uso predador dos recursos da natureza.

- Os rios estão poluídos pelos esgotos domésticos e os mares são freqüentemente maculados pelas marés negras ou pelos navios que modo selvagem jogam seus rejeitos tóxicos neles.

Photobucket


O visitante perguntou :

- Porquê?

Nosso habitante retrucou :

- Você viu aquela criatura que estava nos céus, nos ares, nos mares, na terra? Ele não tinha garras, nem força nem velocidade, então para se adaptar ao planeta ele desenvolveu seu cérebro...o que permitiu que pouco a pouco ele se organizasse e explorasse os recursos da própria natureza para se adaptar a ela. O problema é que ele não respeitou os limites e o espaço das outras espécies, esqueceu que ele também faz parte deste planeta e rompeu seu equilíbrio".

O "estrangeiro" perguntou :

- Então é o fim deste paraíso?

A resposta foi :

- Este planeta já conheceu outros habitantes que desapareceram e provavelmente irá sobreviver a estes também. Quem está correndo risco é principalmente a espécie humana. E seria a primeira vez que uma espécie se destrói pelos seus próprios meios. Mas talvez ainda haja uma esperança...o povo já se conscientizou do problema e começou a agir para revertê-lo, compreendeu que suas atividades econômicas devem respeitar a natureza e erradicar a pobreza, criando assim um novo equilíbrio, que permitirá a todos de viver bem e garantir a sobrevivência das futuras gerações, é o chamado desenvolvimento sustentável ..."

O extraterrestre disse :

- Você acredita que conseguirão ou quer partir comigo?

Aqui acaba a história, mas o que você faria? Eu ficaria, pois apesar de todos os avanços tecnológicos, nada é mais bonito e nos emociona tanto quanto a beleza de uma flor, os cantos dos pássaros, uma noite de luar, um céu estrelado, o murmúrio das ondas do mar. É porque tudo isto é a natureza de nosso planeta Terra, e nós fazemos parte dela, logo queiramos ou não, ela nos faz vibrar quando entramos em sintonia com ela.

Pois hoje que é o Dia da Terra, parabéns a você que faz parte dela...e que vai cuidar dela com muito carinho fazendo a sua parte, tenho certeza.



Dicas para fazer a sua parte para a preservação do planeta


Música : Trilha sonora do filme "Lost Horizont" (Introdução)








Este post faz parte da blogagem coletiva comemorativa do "Dia da Terra" organizada pelo "Faça a Sua Parte.

Também participam :


Aline (Sotaque Mix)Allan (Carta da Itália)
Ana Cláudia Bessa (O futuro do presente)
André Marmota (Marmota mais dos mesmos)
Andréa Motta (Leio o mundo assim...)
Andréa N. (Brazil Nut e In other worlds)
Andréa Poça (Dicas de ciências)
Anny (Blog Linha)
BHY
Branco Leone (Um blog sem conteúdo)
Carla do Brasil (Enquanto seu blog não vem)
Carla do Brasil (Recanto da deusa doméstica)
Carlos Hotta (Brontossauros em meu jardim)
Carol Costa (Guindaste)
Catatau
Cidão (Chronicles & Tales unlimited)
Claudio Costa (Pras Cabeças)
Cristiana Passinato (Meio ambiente, química e derivados)
Cristiana Passinato (Pesquisas de Química)
Danilo (Tkgeo)
Denise Arcoverde (Síndrome de Estocolmo)
Denise BC (Alecrim Dourado)
Denise Rangel (Sturm und drang!)
Eduardo (Drops Azul Anis S)
Fátima Queiroz (Blogosfera solidária)
Georgia (Saia Justa)
Jugioli (Só poesias e outros itens)
Lucia Freitas (Ladybug Brasil)
Lucia Malla (Uma Malla pelo mundo)
Luma (Luz de Luma)
Luma Rosa (Amigos da Blogosfera)
Lunna (Acqua)
Luz Fernández (Carbono Zero)
Lyanne (Viajante consciente)
Madalena Barranco (Letras de morango)
Mariza (O poço dos desejos)
Meiroca (Pensieri e Parole)
Menina Eva (Cintaliga)
Miriam Salles
Nana (Lealdade feminina)
Núccia (Psicologando)
Projeto Jogo Limpo (Blog do Jogo Limpo)
Rafael Motta (Por aí)
Ramos (Ramos Forest Environment)
Rede Jornal de Bordo
Regina Ramão (Neurótika.com)
Rodrigo Barba
Silvia D. Schiros (Faça a sua parte)
V. Carlos (Amando ao próximo)
Ví (A Vísion of Eden)
Zé (Zé Offline: parodiando o mundo online)
Zel (Zel v3.4)




27 comentários:

denise disse...

Realmente a decisão é do Homem, mas os que decidem pelo planeta,deve sim, fazer sua parte. Assim poderemos pensar em um mundo sustentável para nossos filhos e netos.
beijo,menina

Meire disse...

Da' medo soh de iamginar como sera o futuro dos habitantes da Terra.
Guta teu post esta com cheirinho de Terra Molhada.
Bjs

Georgia disse...

Maria Augusta tinha a impressao de estar lendo um livrinho de histórias de tao boa a sua linguagem em nos mostrar o que anda acontecendo e o que nos acontecerá.

Quando penso nos lugares tao lindos que a terra tem e que estamos poluíndo. Culpamos muitas das vezes as pessoas mais pobres que nao foram educadas a jogar o lixo nos lugares certos. Mas quando penso nos homens estudados que estao produzinho um lixo que nao pode ser destruído. Me pergunto que valores estes homens mesmo têm e onde está a diferenca.

Belo texto.

Eu também estou na blogagem.

Abracos Georgia

Eduardo P.L. disse...

Maria Augusta, ou simplismente GUTA como te chamou a Meiroca,
seu post esta muito bem cuidado, como todos os outros, mas percebe-se um carinho que teve e tem para com os temas sérios como este!

Abçs e parabéns por participar!

Eduardo P.L. disse...

O Drops fará uma chamada para essa COLETIVA!

blogosfera solidaria disse...

Olá, Maria Augusta

Fantástico o slide e lindo o texto
Tenho postado há dias e no multiply, vem, orkut e derivados...rsrs
Apenas lamento os maltratos que a Terra tem sofrido...
Obrigada pela visita e conte sempre comigo!
Um abraço
Fátima

disse...

Maria Augusta ..o que dizer de um post tão sensível e sensacional....vc se supera a cada blogagem coletiva conseguindo um efeito como poucos...dá sempre o seu recado da maneira mais impecável e criativa e com tanta beleza...Parbéns um grande beijo

Lunna Montez'zinny disse...

Bom dia Maria Augusta, meu reader não informou do seu novo texto, mas estava lendo os blogs que estão participando da Blogagem Coletiva e cá estou. É sempre bom ler seus textos tão cheios de argumentos que nos sensibilizam. Fiz um post mais técnico com base em informações que já tinha anteriormente (como de costume) sempre gosto de pesquisar, mas ao ler seu post, fiquei pensando no quanto a humanidade está precisando evoluir e pensar mais em si mesma. Vejo todos preocupados com um crime ocorrido aqui em São Paulo, não se fala em outra coisa e as pessoas envolvidas ganharam ares de celebridades graças aos olhares tolos de pessoas comuns.
Enquanto isso, a temparatura do planeta seguem enlouquecida. O solo segue sendo poluído e o desperdício continua a todo vapor.
E a gente, deita na cama, coloca a cabeça no travesseiro e dizemos "amanhã eu vou pensar nisso".

Denise BC disse...

Maria Augusta

Belo post e mensagem muito bem dada, parabéns pela criatividade.
Bjs,
Denise BC

Só- Poesias e outros itens disse...

Maria Augusta,
que explêndida participação. Considero o seu blog um dos mais preocupados com o tema da ecologia. Não apenas o de hoje, mas sempre.
Parabéns ,de coração comovido por sua parte.

Ah! também estou fazendo uma referência a esse dia tão importante.

bjs.

***** música linda!!!!
JU Gioli

Sonia A. Mascaro disse...

Maria Augusta, seu post é MARAVILHOSO! Um primor, que começa com o tema e a preocupação com o nosso planeta, o texto, slide show, fotos, links, música e principalmente a sua proposta envolvendo e conscientizando a todos nós! Você realizou um belo trabalho!
Beijos!

Anny disse...

Parabéns pelo post. Li um comentário de que estava muito lindo e aqui estou. Realmente muito b0m.
Bjs

Rosamaria disse...

Este Jardim é uma das belezuras da blogosfera! Tu és supimpa, Maria Augusta! Parabéns!
Bjim.

Meire disse...

Bom dia querida!

Maria Augusta disse...

Amigos, obrigada a todos pela visita e pelos comentários. Vamos falando sobre o assunto, escrevendo e assim aos poucos uma conscientização de que existem limites para nossas ações também em relação aos recursos naturais vai se formando, né?
E parabéns a todos que participaram desta coletiva ou que falaram sobre o tema em seus blogs ou em torno de si.
Beijos.

Isabel-F. disse...

és uma poeta da escrita ...

está maravilhoso o teu texto


parabéns


beijinhos

Eduardo P.L. disse...

Bom Dia,

senti sua falta! Fiquei preocupado, e vim conferir se estava tudo OK!

Espero que sim!

Abçs

Diz disse...

Maria Augusta, vc está de parabéns, faz posts excelentes.
Bjs Laura

Allan Robert P. J. disse...

Creio que muitos decidiriam ficar, mas sem muita convicção.

De qualquer forma, foi muito original.

:)

Aninha Pontes disse...

Já estamos sentindo o resultado de tanto tempo de descaso com a terra.
Ai de nós, se não cuidarmos direitinho do que nos dá vida, em muito pouco tempo, o resultado será catastrófico.
Belo post meu bem.
Parabéns.
Um beijo

Lunna Montez'zinny disse...

É madrugada do lado de cá do oceano - e o céu silencio entoa sua prece mais lenta. Não há grilos por aqui e eu passo para deixar-te um abraço e desejar que sua quinta-feira seja feito versos de poemas: encantadora.
Abraços meus...

Só- Poesias e outros itens disse...

Vim ler mais um pouco e ouvir essa linda música.

bjs.

JU Gioli

Odele Souza disse...

Vim agradecer por seu comentário no post de Isabel Filipe, sobre meu texto em "duo" com a linda imagem dela.

Foi gratificante conhecer seu blgo, pelo excelente conteúdo.

Um abraço.

Luma disse...

Eu acho que iria! :( Não acredito muito na boa vontade dos humanos! Não espero por eles e para ter uma consciência tranquila faço a minha parte.
A imagem do lixo espacial em volta da terra - uma fotografia bonita e ao mesmo tempo assustadora!!
As crianças estão entendendo melhor os problemas que a terra vêm enfrentando, porque não estão contaminadas.
Beijus

Maria Clarinda disse...

Simplesmente divinal...não há mais palavras! Parabéns a todos. Jinhos mil.

Luz Fernández disse...

Nossa, Denise, que lindo. Inspirador, lúdico, poético. bjs e obrigada pelas freqüentes visitas. Luz

SOTAQUE MIX disse...

Olá Maria Augusta!
Obrigada pelo comentário no meu post. Como disse a Anny estou adorando participar de blogagem coletiva. Tenho conhecido tanta gente bacana, com criatividade à flor da pele, como você.
Mais um parabéns pelo post maravilhoso!
A nossa luta (ainda que pequena) vale a pena!
Beijos,
Aline