segunda-feira, 5 de maio de 2008

A Rua...

Photobucket

A Rua...foi o tema escolhido para a Bienal da Imagem 2008 que aconteceu aqui em Nancy. Esta bienal é sempre interessante, há anos atrás foi lá que eu vi pela primeira ver um daguerreótipo...é o ancestral da maquina fotográfica. Mas apesar de que ela cultiva esta parte histórica, a grande estrela é sem dúvida a fotografia. A exposição principal que vou mostrar aqui aconteceu em uma antiga fábrica desafetada, que foi completamente reformada para abrigar eventos culturais. O tema, que permitia declinações bastante variadas me encantou, adoro paisagens urbanas. E teve de todas as latitudes : Nancy, Paris, Amsterdam, Quebec, Roma, Veneza. As idéias que deram origem ao trabalho de cada artista foram muito originais e interessantes :

Photobucket

Viviane Ribeiraigua fotografou a cidade refletida nas vitrinas das lojas com seus manequins. Um trabalho de paciência para esperar o bom momento e a boa iluminação para registrar estes instantes fugazes.

Victor Ruiz-Huidobro fez um painel de quase 10 m desenhando em nanquim com vistas panorâmicas mostrando cenas cômicas de uma cidade fictícia. Levou vários anos para ser realizado.

Photobucket


Photobucket

Valérie Donsbeck resolveu colocar as cidades em bocais, com lindas cores. Olha aí do lado o bocal de Veneza...

Philippe Domingos trouxe "fantasmas coloridos" para as ruas de Nancy. Parece que a técnica se chama tricromia...o efeito é maravilhoso

Photobucket

Photobucket

A fotografia também pode servir como crítica social. Foi o que mostrou Christophe Frot, com sua série de lojas e comércios de bairros com portas fechadas, simbolizando o comércio de proximidade que está desaparecendo para dar lugar à grande distribuição.


O que gostei nesta exposição foi que ela permitiu de nos dar idéias. Claro que precisa ter o olho, criatividade e talento para apresentar trabalhos fotográficos desta qualidade, mas para brincar um pouco, uma máquina fotográfica e um programa de tratamento de imagens bastam. Dá vontade de tentar, né?


Update 01/10/2009

O artista Philippe Domingos nos deu a honra de vir nos visitar e deixou nos comentários o link para seu site Web aqui.




Alto da Página

24 comentários:

Lunna Montez'zinny disse...

Bom dia caríssima, será que terei a honra de ser a primeira a comentar esse seu belíssimo post. Nossa! Adorei os tons, as cores, as intensidades. Lembrou-me a exposição Lemur em 1999 em Paris.
Que pena ainda estar aqui - mas que bom ter seu blog para me sentir parte da paisagem! Hummmm...
Adorei a ousadia de Valérie Donsbeck. É como se o nosso olhar fosse guiado para outras paisagens através de uma ilusão.
Mas o que mais captou minha atenção foi Philippe Domingos com seus fantasmas, causou-me a sensação de que somos todos fantasmas em meio a nós mesmos. Loucura? Hummmm.
Grazie por esse momento de arte delicioso. Abraços meus e espero que sua primavera esteja sendo de sons, cores e sabores mil...

Dora disse...

Maria Augusta. Gosto da Arte, em todas as suas manifestações. E Fotografia é uma forma artística que me remete à Pintura, com a qual tenho mais intimidade...rs
Mas, meu olhar captou a inventividade dos trabalhos que você apresentou aqui.
Aliá, o tema é interessante, dentro na nossa modernidade, que hoje se instala no "urbano".
Estive em Nancy há tantos anos, e me imaginei um dos "fantasmas", passeando admirada na rua...rs Desculpe-me a brincadeira.
Gostei de sua postagem. Muito.
Um abraço meu.
Dora

Sonia A. Mascaro disse...

Deve ter sido muito interessante visitar esta Bienal e ver as imagens que cada artista escolheu para o tema A Rua. Gostei principalmente dos trabalhos de Viviane Ribeiraigua, com a cidade refletida nas vitrines! Gosto muito de fotos urbanas!
Beijos

Fernando Zanforlin disse...

Legal o idéia dessa mostra, São bons registros, assim poderemos cotejar lá no futuro como foi a transformação da cidade.

Maria Augusta disse...

Lunna, achei os temas dos trabalhos sobre as fotografias muito interessantes...os fantasmas coloridos contrastando com as cores ocres dos prédios ficou realmente muito bonito. Obrigada por ter citado este post lá no Acqua, você é um anjo. (Ah, parece que enfim a primavera chegou por aqui.)
Beijos.

Dora, o tema urbano é meio surpreendente, acho que é difícil transformar uma cena ou paisagem urbana em arte. Porisso admiro os pintores e os fotógrafos que conseguiram fazê-lo, como no caso desta exposição. Talvez eu seja uma dos fantasminhas coloridos, pois passo sempre pelos lugares retratados (rs).
Beijos e obrigada pela visita.

Sonia, fiquei imaginando o tempo que ela gastou esperando para conseguir estes reflexos, achei genial. Eu também gosto de paisagens urbanas.
Beijos.

Fernando, foi muito interessante ver as imagens de várias cidades como Paris, Roma, Veneza, Amsterdam, Quebec, etc. captadas nesta exposição...como você disse são documentos que servirão para se avaliar as transformações no futuro.
Abraços.

Eduardo P.L. disse...

Maria Augusta,

adorei visitar, e receber suas informações precisas, e preciosas, desta mostra fotográfica. A criatividade faz de temas,aparentemente banais, imagens surpreendentes!
Parabéns pela postagem!

Bjs

Luma disse...

hehehe dá vontade de tentar, porque parece fácil!! Tenta, tenta e me fala!! Boa semana! Beijus

disse...

Maria Augusta, infelizmente já me repetindo..vc se supera a cada postagem..esta apresentação está linda e diferente...e o tema é muito interessante lindas fotos ..que criatividade...
Parabéns minha amiga ..beijos

Georgia disse...

OI Maria Augusta, depois de alguns dias recolhida, pois Viviane esteve bem doente, estou voltando a ler os posts.

Eu adoro fotografia, mas nao sou nada uma expert no assunto. Achei fantástico o trabalho Victor Ruiz-Huidobro. Imagina quase 10 metros desenhando em nanquim?
E também o trabalho do Philippe Domingos com esses fantasmas coloridos e essa técnica. Magnifico!!!

Boa semana prá você!

Betho Sides disse...

Querida Guta...Que belas imagens, essa Bienal deve ser um sucesso! Não sei se você conhece lindinha! Mas em São Paulo, existe o Sesc/Fabrica. Pompéia. Também uma antiga industria reaproveitada e que originou um espeço cultural maravilhoso! Abraços e beijos

Aninha Pontes disse...

Maria Augusta que belo post.
Aos poucos vamos conhecendo a França através de seus olhos, de sua sensibilidade em nos mostrar coisas tão bonitas.
Está lindo os slides.
Parabéns, você é uma mestra.
Beijos.

Obrigada pelo comentário no texto do bem. Ele pediu que te agradecesse.

Clarissa disse...

Oi, Maria Augusta. Passando aqui pela primeira vez e encantada com os seus relatos. Vc realmente escolhe temas bem interessantes, que nos dão água na boca. Um beijo, Clarissa

Maria Augusta disse...

Eduardo, realmente eles foram muito criativos e abordaram o tema "A Rua" de formas variadas. Valeu a pena ir visitar.
Abraços.

Luma, tentar não custa nada...mas a "faisca" que transforma uma foto em uma obra de arte, ja é outra historia, né? (rs).
Beijos.

Vi, de vez em quando faço umas mudanças no post ou no template, desta vez foi no post, é mais simples. Que bom que você gostou.
Beijos.

Maria Augusta disse...

Georgia, espero que a Viviane ja tenha sarado direitinho.
Também gostei muito do trabalho do Victor Ruiz-Huidobro, metros e metros de desenhos com cenas cômicas, uma gracinha. Quanto aos fantasminhas parece que a técnica tricromia era usada na fotografia tradicional, antes das digitais, achei genial!
Beijos.

Betho, a Bienal foi um sucesso sim. Conheço de nome a "Fábrica Pompéia" do SESC em São Paulo, é um ótima idéia aproveitar estes espaços para incrementar a cultura.
Abraços.


Aninha, obrigada, você é sempre gentil. O post sobre o texto do Valter é realmente muito bom, pena que ele parou de blogar.
Beijos.

Clarissa, seja benvinda e volte sempre, será um prazer.
Abraços.

Lunna Montez'zinny disse...

Boa noite caríssima, venho aqui para deixar-te um abraço lustroso e avisá-la que deixei um pequeno desafio pra ti. A mim deu trabalho, espero que não aconteça o mesmo contigo. Beijos e desejos de uma linda quarta-feira florida para teus olhos.

Isabel-F. disse...

fico sem palavras com a tua criatividade ...

os teus posts são sempre espectaculares ... completamente diferentes de tudo o que se vê pela blogosfera (não pretendendo com estas minhas palavras menosprezar quem quer que seja... claro ...)

só te posso dizer, do fundo do coração: PARABÉNS ...

foi gratificante os nossos caminhos terem-se cruzado ...


beijinhos

Liniane disse...

A arte faz a vida ficar melhor,mais gostosa. Linda exposição. Quero voltar aqui com mais calma (ó eu, sempre lutando contra o tempo...). bjs. Liniane

Diz disse...

j'adoré :)
tout très jolie. Bjs laura
não estranhe se está com erros, estou estudando fr.

Só- Poesias e outros itens disse...

Maria Augusta, hoje esta simplesmente maravilhoso vir aqui e saber destas coisas boas na arte.
Que privilégio ter você com a sua sensibilidade e nos mostrar esses encantos.
As inovações nas fotos são de tirar o fôlego. As alterações na perspectiva, nas colagens, nos sombreamentos....uauhhh!!!
adorei ver.

bjs.


JU Gioli

Flavia Sereia disse...

Estou treinando com a camera para um dia poder, quem sabe, participar de mostras assim, claro em terras tupiniquim rss
bjs

Maria Augusta disse...

Lunna, já respondi a este desafio, vou procurar o link e te aviso, tá? Beijos.

Isabel, obrigada por tuas palavras, principalmente porque teus gifs animados são obras de arte. Beijos.

Liniane, obrigada pela visita, é verdade que mergulhar nestas imagens é um prazer enorme, visitar estas exposições vale a pena. Beijos.

Maria Augusta disse...

Laura, merci, você está progredindo no francês, que bom! Beijos.

Ju, legal ter tua opinião sobre esta exposição como expert do tratamento das imagens (em todos os sentidos), obrigada.
Beijos e boas férias.

Flavia, tuas fotos são magníficas, tenho certeza que em breve você estará participando de mostras como esta. Beijos.

Philippe DOmingos disse...

Bonjour,
C'est un commentaire qui arrive tard est pas dans la bonne langue mais merci d'avoir apprécier mon travail.

Philippe

pour en voir plus: www.philippedo.eu ;-)

Maria Augusta disse...

Philippe, merci pour la visite et pour le lien vers votre site, je vais l'inclure dans le billet, il y a toujours du monde qui vient. Je ne sais pas si vous avez compris les commentaires, mais votre travail a eu du succès parmi mes visiteurs.