quarta-feira, 28 de maio de 2008

O Planeta...Vermelho


A sonda americana Phoenix pousou suavemente sobre o polo norte do planeta Marte dia 25 de maio último. Foi uma grande festa para a NASA que a lançou, pois a tentativa precedente havia falhado, assim como a tentativa da agência espacial européia ESA, que enviou a sonda Beagle 2, desaparecida após sua entrada na atmosfera marciana. Ela não é o único explorador terrestre presente no planeta vermelho, dois robôs Spirit e Opportunity, já se encontram lá, tirando fotos mas à altura do equador, e desde 1965 já se recebe imagens de Marte, enviadas pela Mariner 4, a primeira que se instalou na órbita marciana.

Qual é a missão da Phoenix? Confirmar a existência de água, cuja possível presença já foi revelada pelas fotos enviadas pela sonda "Mars Odyssey" em 2002, determinar a habitabilidade potencial do planeta e buscar indícios de vida. Será que eles vão encontrar homenzinhos verdes em Marte? É pouco provável, a vida tal qual a conhecemos não seria possível em Marte em suas condições atuais. No entanto, a probabilidade de já ter existido tem sido incrementada com as recentes evidências de que teria existido água neste planeta no passado.

No entanto, a questão ainda não encontrou resposta. A existência de vida em Marte, chamada a "Estrela de Fogo", já povoou nossa imaginação e inspirou muitos autores devido às semelhanças (como as estações do ano) e a proximidade deste planeta em relação à Terra. Como, por exemplo, H. G. Wells no seu livro "Guerra dos Mundos", no qual a Terra era invadida por marcianos. Em todo caso, por enquanto o que se sabe é são os terráqueos que vão "invadir" Marte por volta de 2035, data prevista para o envio dos primeiros espaçonautas europeus.

Mas, se só para imaginar, for demonstrado que existe (ou existiu) vida inteligente em Marte...já pensaram qual o efeito que isto teria sobre os humanos ?

...talvez uma certa humildade ocorreria, afinal não somos o centro do universo

...talvez um desejo de afirmação, vamos subjugá-los, e mostrar que somos os mais fortes

...ou talvez, vamos aprender com os erros deles, para não cometermos os mesmos?

Mas recolocando os pés no chão (da Terra), só nos resta esperar que a conquista de Marte se faça de forma responsável, e que respeitemos o planeta vermelho um pouco mais do que temos respeitado o planeta azul...


Vídeo da NASA mostrando a animação da viagem da sonda Phoenix até Marte




UPDATE 02/07/2008

Photobucket

A sonda Phoenix encontrou água em Marte, segundo os cientistas da NASA. Eles chegaram a esta conclusão observando 4 fragmentos visíveis sobre uma pequena trincheira resultante da escavação realizada pelo braço mecânico da sonda. Estes, do tamanho de um dado, não estavam presentes na foto seguinte enviada pela Phoenix, indicando que teriam fundido sob o calor do sol.

A primeira meta da missão da Phoenix, lançada dia 25 de maio de 2008, está assim cumprida, a segunda consiste na procura de evidências de que teria existido vida neste planeta.


Fonte : Le Figaro (23/06/2008)



Veja também :



Tudo sobre Marte
Site da USP sobre Marte
Especulações sobre a existência de vida em Marte
Marte (planeta) na Wikipedia (excelente)

20 comentários:

Lunna Montez'zinny disse...

Há um poema cujo nome não me lembro agora (escapa-me) mas que faz referência ao abandono do homem e a mudança para outros mundos.
Ao ler seu post lembrei-me desse poema lido há tanto tempo atrás. Assim que o encontrar por aqui em meus livros, envio para ti.
Acho que há vida em outros mundos, sempre achei, mas também acho melhor que eles se mantenham distantes porque somos humanos e limitados. Se matamos pessoas, animais e a própria vida que nos permite viver, o que não faremos a outros seres? E será que também não são humanos e falhos como o restante de nós?
Hummm... Isso dá o que pensar!
Abraços meus

Ps. Nossa, será que fui a primeira a comentar? Coisa rara hoje em dia!

Sonia A. Mascaro disse...

Ótima postagem como sempre, Maria Augusta, com links e vídeo interessantes! Vou procurar encontrar no Google a imagem em Marte que mostra o que parece ser uma figura humana sentada numa rocha...

Tenho um telescópio em casa e já esquadrinhei muito o espaço, admirando as estrelas e principalmente a Lua... Estas pesquisas sempre me fascinaram... Gostei da frase em que você diz: "respeitemos o planeta vermelho um pouco mais do que temos respeitado o planeta azul...".
Isso é mesmo um desafio!

Beijos e uma ótima semana!

disse...

Maria Augusta,
maravilha de post...Super interessante ...meu filho teem o canal da NASA ligado direto, é apaixonado pelo assunto...outro dia me mostrou um pouco do que acontece em tempo real dentro dos módulos de sobrevivência...é fascinante pensar que podemos não estar sózinhos...e vc teem razão seria uma maravilha para ensinar um pouco de humildade a este nosso povo...
Vou voltar mais tarde para ver os links ...mil beijos
P.S quase aí..ôba!!
P.S2 Adorei a música ...tudo aver...

NANDO DAMÁZIO disse...

Oi, Maria Augusta, tudo bem ??
Vim conhecer seu blog e estou convidando o pessoal para participar da Blogagem Coletiva Contra o Tabagismo, que acontecerá neste sábado, 31 de maio, que é o Dia Mundial Sem Tabaco ..
Caso queira participar, tem as informações no meu blog, o selo com o post está na coluna à direita. Caso não possa também não tem problema, mas desde já agradeço a atenção ..
Obrigado e independente da Blogagem espero que possamos manter contato, voltarei aqui mais vezes !!
Abraço, até mais !!

liniane disse...

Blog eclético...e ...sábio. Bjs. Liniane

Isabel-F. disse...

Maria Augusta,

"...
Mas recolocando os pés no chão (da Terra), só nos resta esperar que a conquista de Marte se faça de forma responsável, e que respeitemos o planeta vermelho um pouco mais do que temos respeitado o planeta azul..."

esperemos bem que sim.

__________________

tenho algo para ti no meu Blog.
quando puderes passa por lá.

beijinhos e obrigada

Maria Augusta disse...

Lunna, será que existem outros seres inteligentes, estes seriam melhores ou piores que nós, tudo isto nos faz "viajar" e criar histórias e poemas, é fascinante.
Legal se você achar o poema.
Um grande beijo.

Sonia, que legal que você tem um telescópio. Quando criança morava longe da cidade grande, a iluminação nos permitiu de ver as estrelas, e eu adorava. Legal se você encontrar a foto de Marte.
Beijos.

Vi, a possibilidade de não estarmos sós no universo é intrigante, realmente. No site da NASA já tem fotos e vídeos maravilhosos, imagino no canal, deve ser genial.
Et vivement la semaine prochaine en Alsace!
Beijos.

Maria Augusta disse...

Nando, obrigada pela visita, farei o possível para participar de tua blogagem coletiva contra o tabagismo. Um abraço.

Liniane, e como vai a tua "Vivenda"? Você a reabriu? Espero que sim. Grande beijo.

Isabel, que bela surpresa tinha para mim lá no teu blog. Ser um dos teus blogs "Destak" é uma grande honra pela tua sensibilidade e bom gosto. Muito obrigada.
Um beijo grande.

Georgia disse...

Maria Augusta, sabe que quando ouvi no rádio esses notícias pensei algo bem parecido. Pensei no quanto os homens se preocupam em alcansar o que está longe e destrói o que está por perto.

Bom fim de semana

Noé disse...

Quem conhece o mar?
Quem conhece a arte?
Quem quer conhecer-te?

Quem sabe amar-te seja a resposta,
E antes amar-me para poder amar-te,
Será mais fácil isto ou ir a Marte?

Abraço,
Noé

teresa disse...

faz-me rir. e o bicho-homem respeita alguma coisa?

Luma disse...

Maria Augusta! Eu vi na tv uma notícia, por cima, não prestei atenção - era logo cedo, estava insone - e até pensei que fosse praga do príncipe Philip, porque ele perguntou sobre as "necessidades pessoais" dos astronautas quando visitou o laboratório espacial nos EUA. A notícia dizia que o banheiro da nave estava com problemas na descarga de ar e que os astronautas estariam usando fraldas descartáveis. Eu pergunto, de uma maneira ou de outra, já estão deixando lixo em Marte. Não sei o que marcianos farão com isso no futuro e que reações isso trará à atmosfera de Marte. Mas começou tudo errado, não é não?
As pessoas não assimilam a informação de que possa ter existido vida em Marte. Porque isso pode acontecer com os terráqueos também. Os terráqueos não aceitam a própria morte, o que dirá de sua extinção!?
Beijus

peciscas disse...

Vim aqui pela mão da Isabel, o que é uma excelente recomendação.
E, como sempre, ela não se enganou na sua escolha.
Parabéns!

Adelino disse...

Maria augusta, lindo espet�culoo.
De minha parte n�o resta nenhuma d�vida de que exista vida fora da Terra. Talvez at� em Marte mesmo.
E quem sabe viemos de Marte para a Terra em busca da sobreviv�ncia?
Um abra�o, e meus parab�ns pela postagem.

Eduardo P.L. disse...

Maria Augusta,

para nós que não temos visto TV nem jornal, esta sua postagem foi ótima! Estou atualizado com o que de importante aconteceu nessa semana.

Abçs

Maria Augusta disse...

Georgia, o homem tem esta sede de conquista, mas não cuida bem do que é conquistado...
Grande beijo.

Noé, os astros sempre inspiraram os poetas. Este está muito bonito rimando Marte com amar-te.
Obrigada pela visita e um abraço.

Luma, pois é, parece que em torno da Terra ja existe um cinturão de lixo espacial...Verdade que é difícil de aceitar que se existiu vida em Marte e depois ela desapareceu, o mesmo pode acontecer com a Terra.
Beijos.

Maria Augusta disse...

Teresa, será? Acho que um dia teremos que respeitar algo, é uma questão de sobrevivência. Um beijão.

Peciscas, obrigada pela visita, realmente a Isabel é uma excelente recomendação, com seu talento e sua gentileza. Volte sempre.
Um abraço.

Adelino, existem teorias segundo as quais a vida teria vindo de Marte, em sua forma elementar, e depois se desenvolvido aqui na Terra. Um meteorito proveniente de Marte teria indícios destas formas de vida, mas não pode ser comprovado com certeza.
Um abraço.

Eduardo, obrigada pela visita durante tuas férias, te desejo uma boa continuação e que a chuva pare aí em Portugal.
Um abraço.

Aninha Pontes disse...

Maria Augusta, um belo post.
O vídeo está fascinante, dá vontade de ficar olhando ele, e aí nos lembramos de ir descendo para ler.
Eu sinceramente, não tenho nada definido, sobre se há ou não vida, em outros planetas.
Mas isto também não me preocupa, creio que se há verdadeiramente, temos sim que respeitá- los, como seres humanos como nós.
Um beijo querida, bom final de semana

Flavia Sereia disse...

Eu acho que até se pode achar vida em outros planetas, mas não como nós. Quem sabe outro tipo de vida.
O homem devia era se preocupar mais em salvar o seu planeta de si mesmo, do que sair por ai em busca de outros povos.

bjs

Maria Augusta disse...

Aninha, obrigada pela visita, sei o quanto anda ocupada. Realmente no momento a vida em outros planetas não é uma preocupação fundamental, mas ajuda a refletir sobre nosso modo de se relacionar com o planeta onde vivemos. Beijo.

Flavia, eles estão tentando ver se ha condições para existir vida nos outros planetas para ter um possibilidade de escapar deste quando ja tiverem esgotado tudo... Um beijo.