quarta-feira, 19 de dezembro de 2007

Um Gênio Brasileiro


Escultura oferecida por Niemeyer à cidade de Paris em 2005

Há algum tempo fiz um post intitulado " O Romance do Rio", do escritor francês chamado Axel Gylden. Recentemente, eu reencontrei uma matéria de sua autoria no jornal "L'Express", onde ele trabalha, novamente falando do Brasil, mas desta vez uma longa entrevista com Oscar Niemeyer, na ocasião dos cem anos do arquiteto.


E L'Express não foi o único jornal a falar de Niemeyer, todos os jornais e revistas importantes daqui, como "Le Monde", "Le Figaro", "Le Point", L'Humanité" e outros dedicaram páginas a este que é considerado como um "mito vivo", destacando sua vida e sua história assim como a "Legião de Honra" com a qual ele foi condecorado pelo presidente Sarkozy na semana passada.


Centro Cultural "O Vulcão" no Havre


Ele viveu como exilado político aqui na França, e desta época existem alguns testemunhos concretos : o Centro Cultural "O Vulcão" no Havre é um deles. Ele se situa em uma grande praça, formando um conjunto com os imóveis projetados por Augusto Perret, um célebre arquiteto local, que foi tombado pela UNESCO como patrimônio mundial em 2005. A obra, na qual se pode entrar por um jogo de rampas, é composta de 2 volumes, o Grande e o Pequeno Vulcão. No pé do Grande Vulcão há uma grande escultura em forma de mão aberta, que é um tema marcante na obra de Niemeyer.



Sede do Partido Comunista Francês em Paris


Em Paris, ele projetou a sede a do Partido Comunista Francês, que se destaca na paisagem da cidade. É um prédio em curvas suaves com a fachada de vidro, e um domo branco translúcido que emerge do solo, no qual se situa a sala de congressos. Esta construção, tombada pelo patrimônio histórico, foi centro de uma polêmica em junho último. Devido a problemas financeiros, o Partido Comunista foi obrigado a propor o aluguel de 2 de seus 6 andares e para retirar a conotação política para não afastar os interessados, rebatizou o imóvel como "Centro Niemeyer".

Outras de suas obras aqui na França são a sede do jornal L'Humanité em Saint-Dennis e a "Bourse du Travail" em Bobigny e também 2 imóveis de escritórios em Fontenay-aux-Bois. Para se ter uma idéia da popularidade de Niemeyer por aqui, no site Web de um deputado de Fontenay-aux-Bois pode-se ler este mês : "É o centenário de Niemeyer, se você não pode ir à Brasília conhecer a obra do mestre, vá à zona leste de nossa cidade".



Maquete do Centro Cultural Internacional "Oscar Niemeyer" na Espanha


Os projetos atuais de Niemeyer também foram destacados pela imprensa francesa. Comenta-se bastante o lançamento do Centro Cultural Internacional Oscar Niemeyer na Espanha, que será construído à beira do rio Ria de Aviles com a forma de "um grande palco de teatro". O lançamento, realizado no último fim de semana com um "G7" dos grandes centros culturais do mundo, que contou com a presença dos representantes do Centro Cultural Georges Pompidou, do Lincoln Center de Nova Iorque e da Biblioteca de Alexandria, entre outros. E o projeto foi um presente de Niemeyer à Fundação Príncipe das Astúrias, por ter sido agraciado com um prêmio oferecido por ela em 1989...que elegância!

Quando criança encantada com suas obras eu queria ser arquiteta...mudei de rumo, mas minha admiração por ele continua intacta. Em todo caso, é um brasileiro que enaltece a imagem do Brasil no Exterior e que nos orgulha de sermos seus compatriotas.


Obras de Niemeyer na França





Alto da Página



18 comentários:

luma disse...

A Fernanda Levy fez a cobertura quando a escultura foi oferecida à Paris. Me lembro como se fosse hoje.

Veja essa foto panorâmica do Centro de Cultura, clique +
http://www.bluffton.edu/~sullivanm/lehavre/niemeyerdistant.jpg

A mão, nas obras de Niemeyer aparece com um forte caráter simbólico porque ele sabe que as mãos colocam para fora os nossos sentimentos.

Ele sabe que a mágica da arquitetura é sair da folha branca e chegar a um palácio. Ou emprestar da natureza aquilo que ela tem de mais preciosa e empregar nos edifícios.

Por isso sua obra não é estática, ela flutua em curvas.

Também sou fã dele e depois das últimas declarações que fez, mais ainda!

Ah!gentina! Foi por causa da postagem sobre o tango?

Beijus,

Vi Leardi disse...

Maria Augusta,
como, sempre vc acrescentando...Não sabia que Niemeyer tinha obras tão expressivas na França...Coisa fantástica a trajetória deste grande artista ,estendeu seus braços pelo mundo ...que legado vai deixar...que orgulho para o Brasil...
Vou mandar teu link para E.Longo "o Arquiteto da Casa Bola " que é um apaixonado pela obra dele...Muito bom ...
Um grande beijo...e bons preparativos para a sua linda ceia "Ecumenica"...adorei....

Eduardo P.L. disse...

Maria Augusta,
agora as homenagens ao OSCAR estão completas!
Parabéns!
Não sei exatamente por que mas lembrei de vc, quando conheci este blog3 jours à Vicky
Muito bem ELABORADO. Acho que foi por isso.

Abçs

Meiroca disse...

Li que ele é um dos 9 genios vivos. Um orgulho pra nos brasileiros. Sei q aqui tem um predio dùq a arquitetura é sua.

bjs

Lunna Montez'zinny disse...

Nossa! Admiro a história a cerca desse homem. Mas confesso não ter grande apreço por seu trabalho: não gosto das formas criadas por ele. Claro, uma inovação - mas sou uma "moderna as avessas" ainda gosto da arquitetura de fim de século, aquela com formas e adornos clássicos, onde os prédios não tinham formas arredondas, como os muitos prédios do centro velho de São Paulo que lembram a velha Paris. Também aprecio o estilo inglês de arquitetura, mas não o momento atual. Ainda assim admiro a ousadia com a qual se vestiu. Abraços.

Karina disse...

E o q mais impressiona é sua clareza de raciocínio e paixão pela vida. É realmente um brasileiro q merece todas as homenagens que tem recebido e muito mais.

Betho disse...

Não foi só Paris que rendeu-se ao nosso gênio, no mundo esse senhor de s 100 anos é referência em Arquitetura, e diga-se de passagem arquitetura brasileira. abçs

Só- Poesias e outros itens disse...

Adorei saber que esse gênio da Arquitetura possui obras onde eu não conhecia.

Obrigado pelo post!!!


Ju gioli

Flavia Sereia disse...

Neimeyer é o cara!! seus trabalhos são maravilhosos.

bjs

Maria Augusta disse...

Luma, também me lembro da cobertura da Fernanda Levy na entrega da escultura. Não me lembro porque achava que você era argentina, acho que foi por causa de alguma coisa que você escreveu em espanhol...Beijão.

Vi, gentil como sempre. Pois é, além da França ele também tem obras em vários outros países, como a Universidade de Constantina na Argélia, por exemplo. Obrigada por enviar o link ao Eduardo Longo, ele também é um grande nome da arquitetura brasileira. Um grande beijo.

Eduardo, realmente tentei complementar com as obras que ele fez aqui na França, o teu post sobre ele já dava uma visão do conjunto de suas obras. Vi o site que você citou, ele é realmente muito mignon adorei. Abração.

Maria Augusta disse...

Meire, felizmente temos este gênio reconhecido mundialmente, antes só tínhamos o Pelé...não tenho nada contra o futebol, mas é bom que a visão do mundo em relação às capacidades brasileiras não se limitem a isto, né? Um beijo.

Lunna, também gosto de arquitetura tipo art-nouveau, art-deco e clássica. Mas as linhas de Niemeyer são de uma leveza e suas construções tão plenas de luz...adoro. Beijo.

Karina, realmente ele vive se mantendo sempre coerente às suas convicções, acho que este é o segredo de uma vida plena. Um beijo.

Maria Augusta disse...

Betho, é verdade, entre outras coisas no Exterior ele fez também a sede da ONU em Nova Iorque junto com Le Corbusier. Obrigada pela visita e um abraço.

Jugioli, ele é considerado um gênio da arquitetura mundialmente. Um beijo.

Flavia, é verdade, e que beleza vê-lo chegando aos cem anos em plena atividade, né? Beijo.

teresa disse...

que linda homenagem esse seu post!

Meiroca disse...

Bom doa amore!

Cristiane Fetter disse...

Um homem que não teve mede de se doar para o país que o recebeu.
Um homem do mundo.
Muito bom seu post.
Abraços

Maria Augusta disse...

Teresa, obrigada pela visita e pelo comentario. Beijo grande.

Meiroca, bongiorno. Bises.

Cristiane, ele é um grande artista e um grande homem também. Obrigada pela visita e um abraço.

Anônimo disse...

Vim ler mais um pouco.

JU gioli

Anônimo disse...

Alguem poderia me informar quem tirou as fotos que estao neste Blog.
Sou fotografo e me interesso pelas obras de Niemeyer.

Robson Oliveira
robson@eubra.org