quarta-feira, 14 de novembro de 2007

Presentes na Ausência


Jardim Monet visto do balcão - Claudia Meyer

Muita coisa aconteceu aqui na blogosfera durante as semanas que fiquei ausente, como por exemplo o aniversário do "Varal de Idéias" do Eduardo, que aliás continua sendo comemorado durante todo o mês de novembro. Claro que o "Jardin" não poderia passar em branco este acontecimento, este blog é um verdadeiro tesouro de beleza e de arte, e o Eduardo uma pessoa sempre presente e disponível para os amigos da blogosfera, deu um apoio enorme ao "Jardin Ephémère" desde seu início. Parabéns, Eduardo, que este aniversário se repita muitas e muitas vezes.




Algumas blogagens coletivas importantes, como a "Blog Action Day" (para a qual deixei o post pronto mas não pude visitar os outros participantes),"Pela Paz no Mundo" organizada pelo Lino, pela liberdade da moça presa em Portugal promovida pela Luma. Mas pretendo participar da importante blogagem coletiva contra a dengue, promovida pela Meire, que acontecerá no dia 22 de novembro próximo.

Durante estas semanas de férias este jardim foi regado pelas visitas e pelos presentes que aqui foram deixados. A Meire e a Luma me incluiram na corrente da amizade. As minhas indicações para a continuação desta corrente virão em breve.


A Meire me ofereceu o Prêmio Visitante, que é acompanhado pelos seguintes dizeres : "A amizade e a solidariedade na blogosfera são algo de muito profundo e de muito construtivo que temos que desenvolver. Criam-se representações de pessoas que não conhecemos mas que nos deixam o melhor do seu sentir enriquecendo um espaço de debate com as suas visões e as suas críticas. Nada tem valor se não for lido e partilhado.” Muito obrigada, amiga, visitar os blogs amigos é uma das coisas mais enriquecedoras que existe. Como sempre disse, todos meus vistantes são especiais, desta vez ofereço este selo a : Oscar, Lina, Jugioli, Vi, Gilrang.


A Vi também me deixou um mimo durante estas férias, o selinho "Este blog vale a pena conferir". Agradeço e digo que seu blog, que também o recebeu, vale a pena mesmo ir conferir, pois é lindíssimo. Confira também que vale a pena : Acqua, O Meu Jeito de Ser, Vivenda, Caminhar, Nossa Via.


Além destes, o Oscar Luiz, que nunca deixa de me surpreender, e a Meire, sempre amiga e carinhosa me ofereceram o award "Escritores da Liberdade". São duas palavras que admiro por elas mesmas, imaginem combinadas...é muita honra, agradeço de coração. Veja a descrição deste prêmio : "Todos temos blogs pelo fato de gostarmos de escrever. Por prazer, profissionalismo, ou qualquer motivo pessoal. E a maioria gosta de escrever para liberar algum sentimento profundo, seja ele bom ou ruim. Escreve para se encontrar, para analisar a situação depois de algum tempo, ou naquela mesma hora, e também por essa paixão de por tudo no papel. E estou chamando esses blogueiros de Escritores da propria liberdade. Escritores sim, mesmo que amadores, que escrevem suas emoções, que não guardam tudo para si. Que compartilham tudo com pessoas muitas vezes estranhas (entre as conhecidas)... Escritores que admiro muito, por vários motivos, que se destacam de um jeito único, para cada uma das pessoas que os conhecem. Blogueiros que publicam a sua liberdade de expressão." Como tenho duas indicações, posso indicar dez entre todos aqueles que acredito merecer este selo: Lino, Eduardo, Mário, Luma, Flavia Sereia, Marília, Samantha, Lunna, Karina.


Certamente aconteceram muitas outras coisas, mas vou pondo a conversa em dia aos poucos.


14 comentários:

Vi Leardi disse...

Querida Maria Augusta...que bom mesmo que estás de volta...lindos os seus carinhos com todos ...
um grande beijo Vi

luma disse...

Nossa! Vê-se que tem uma cabeça muito boa; como conseguiu guardar tudo?
Na postagem de hoje lá do "Luz" tem um mimo pra você!
Beijus

Aninha Pontes disse...

Uai!... então parabéns ao nosso amigo Eduardo, parabéns prá vc, e lá em casa também tem mimo prá vc.
Beijinhos

Lunna Montez'zinny disse...

Que delícia sem igual chegar aqui e encontrar suas palavras. Vou proibir vc de tirar férias (brincadeirinha). O bom da ausência é verificar a importância e o carinho, por isso mesmo existe a saudade. É o jeito que encontramos de manter presente aqueles que admiramos, amamos...
Tenho descoberto uma forma interessante de amizade. Durante anos tive amigos correspondentes, que conhecia apenas através das palavras que chegavam a mim por meio de envelopes e a demora gerava uma ansiedade imensa. Hoje, as respostas são mais rápidas e o amigos são virtuais.
Abraços meus a você...

Maria Augusta disse...

Vi, na blogosfera recebemos muitas manifestações de carinho e as transmitimos aos amigos que apreciamos, e você faz parte deles.
Um grande beijo.

Luma, não é so cabeça boa não, é com a ajuda do Technorati e das visitas aos blogs amigos que consegui localizar os mimos que me foram oferecidos durante minha ausência para poder agradecer. E obrigada por mais este, você é um anjo. Beijos.

Anninha, que bom, adoro ganhar presentes, realmente você é muito gentil. Um beijão.

Lunna, acho que a Internet alterou os conceitos de presença e ausência...e os amigos que fazemos por meio dela não tenho certeza se são somente virtuais simplesmente porque não os vemos fisicamente.
Um grande beijo.

Meire disse...

Bom dia querida!
Sabe porque vc recebeu todos estes premios?
Por que é amiga, meiga, carinhosa, atenciosa...e por aì vai.
Gosto muito de vir aqui e gosto muito de voce.
Bjs
Meire

Flavia Sereia disse...

Obrigada pela indicação. Receber esses premios é bom, o chato é na hora de ter de repassar, tantos amigos.
Hj meus coments estão assim estranhos, é que estou cansada rs
bjs

Eduardo P.L. disse...

Maria Augusta,

muito obrigado pelas palavras a espeito do Varal. Fico muito honrado com mais este premio, gentilmente oferecido.
Abraços, e bom ve-la de volta, com toda essa energia, e astral.

gilrang disse...

maria,

de fato, com a internet, a virtualidade não se define apenas pelo desconhecimento físico entre aqueles que se interconectam eletronicamente. o que é presença? qual é nova definição de ausência? o real e o virtual se sobrepõem e se entrelaçam, deixando-nos à mercê de novos sentimentos que ainda não aprendemos a dominar inteiramente. nem mesmo aqueles que se consideram experientes e vividos o conseguem.

veja, o seu caso - mesmo longe, afastada do computador, ficaram aqui os seus amigos virtuais a lhe enviar comentários e a sua ausência durante algumas semanas, todos sabiam, era passageira. ninguém precisava saber se voce era real. apenas a falta de uma resposta imediata grassava um sentimento de ansiedade entre nós. agora, voce está aí e é como se jamais tivesse saído da frente do computador. nós, do nosso lado, também somos, para voce, virtuais, mas não necessariamente imaginários (bem, talvez alguns de nós o sejamos, mas quem pode garantir?). ilusão?... alucinação?... quem pode afirmar?... ou negar?...

realidade e virtualidade se confundem e nos confundem. alguns já se deram conta disso. outros ainda não. de minha parte, eu lamento que a vida, às vezes (não exclusivamente a real), nos leva por caminhos diferentes, para esferas que não mais se iterseccionam. então, sim, nos tornamos virtuais. lembranças de uma realidade que não chegou a se concretizar inteiramente, mas que passou beirando os limites, as fronteiras de um novo sentimento.

perdôe a vã filosofia... coisas de um coração de lata que tombou ante uma janela sem flores que a adornassem...

um abraço.

Maria Augusta disse...

Meire, bom dia. Te retribuo em dobro todos teus elogios e acrescento dinâmica. A blogagem coletiva sobre a dengue que você está organizando é super-importante. Bacio, cara.

Eduardo, O Varal é uma referência na blogosfera e os prêmios que oferecemos é uma forma de te agradecer pela riqueza que você nos oferece neste blog. Um abração.

Gilrang, a realidade e virtualidade, a presença e a ausência na Internet, ainda vão dar muito o que falar. Como são fenômenos relativamente novos, muitos aspectos ainda são desconhecidos.
Obrigada pelo comentário tão filosófico e um bom dia. Abraço.

... disse...

Maria Augusta,
parabéns pelos prêmios, merecidos e provam o qto vc fez falta por aqui.
Obrigada pelo carinho da indicação, estará em breve lá nas montanhas.
Essa foto do jardim dá uma sensação tão grande de paz, quase consigo sentir a brisa com cheirinho de natureza invadindo a sacada.
Bjks carinhosas e um ótimo final de semana pra vc!

Samantha Shiraishi disse...

Maria Augusta, querida amiga
não falarei do award, gentil e amoroso como você sempre é comigo. Apenas meu obrigado e a promessa de ser cuidadosa em minhas escolhas.
Abraços
Sam

Maria Augusta disse...

Karina, gosto muito escalar as montanhas que você tão bem nos faz escalar no teu blog. Um beijão.

Maria Augusta disse...

Sam, não tenho dúvidas que você sabera passar adiante às pessoas mais indicadas este award, que combina tanto com você. Um grande beijo.