quinta-feira, 22 de novembro de 2007

Guerra pela Paz



Blogagem coletiva organizada pela Meiroca, do Pensieri e Parole

Muitos acham que dengue é coisa do Terceiro Mundo e que só acontece nos países pobres. Pois não é não, domingo último o jornal televisivo francês falava da epidemia de dengue na Martinica (que faz parte da França), e já matou 4 pessoas e apresenta até 2000 novos casos por semana. Na segunda-feira voltaram ao assunto, para explicar que as casas dos doentes de dengue e des seus vizinhos recebem a visita de uma equipe da “brigada sanitária” para verificar a possível presença de mosquitos infectados e focos de proliferação e borrifar o inseticida. Disseram que esta desinfecção não é sistemática para impedir que estes insetos desenvolvam resistência contra o produto.

Claro que saber que esta epidemia está ocorrendo em várias regiões tropicais do mundo não é um consolo, mas vamos olhar o problema sem complexos e colocar "mãos à obra". Pois desta vez não é só um problema "do governo", nem "dos pobres", nem "do vizinho". O mosquito pode picar todo mundo, e todos e cada um tem a obrigação de entrar nesta guerra.

O retrato falado do inimigo, cujo nome é Aedes aegypti é :
  • Preto rajado de branco
  • Menor que um pernilongo comum
  • Pica durante o dia
  • Nasce e cresce em águas limpas e paradas

Portanto, a melhor forma de exterminá-lo é impedi-lo de nascer ou crescer, destruindo os possíveis ninhos de larvas. As armas a serem usadas para isto não requerem despesas, simplesmente atenção e responsabilidade, e certos cuidados como :


  • Não deixar a água acumular no coletor dos vasos de planta

  • Desobstruir as calhas do telhado, para não permitir o acúmulo de água

  • Não deixar pneus ou recipientes expostos à água da chuva

  • Manter sempre fechadas as tampas das caixas d'água, cisternas, barris ou filtros

  • Acondicionar o lixo em sacos fechados ou latões com tampa.

A infecção causada pelos vírus da dengue (pois eles são quatro) apresenta manifestações como febre alta, dor de cabeça, dor atrás dos olhos, muita dor no corpo, tonturas, cansaço, às vezes sangramentos, vômitos e manchas vermelhas na pele. Alguns dizem que são os sintomas da gripe, sarampo ou rubéola, mas muito fortes. Se alguém apresentar estes sintomas, não deve se auto-medicar (principalmente não tomar remédios à base de ácido acetilsalicílico, como aspirinas, Melhoral e outros), mas se dirigir imediatamente ao Serviço de Saúde mais próximo. Em 95% dos casos a dengue é benigna, mas quando ela ocorre na sua forma hemorrágica pode ser fatal. Quem já foi tratado para este problema e sentir os sintomas reaparecerem, deve ir rapidamente procurar tratamento médico, pois pode ser a forma hemorrágica da doença.


Claro que certamente você já ouviu falar sobre tudo isto, mas acredito que uma voz a mais pode significar um minuto complementar de atenção sobre ele, e este pode ser decisivo para conduzir alguém a praticar uma ação no sentido de ajudar a combater este problema. Pois desta vez a ação de cada um adianta, e de toda forma não temos escolha se quisermos proteger nossos entes queridos. Vamos mostrar que a população brasileira é capaz de vencer esta guerra?


Mais informações :
Portal da Saúde
O que você pode fazer a respeito da dengue
Slides descrevendo a dengue
Medicamentos que devem ser evitados em caso de suspeita de dengue


UPDATE :

Entre os blogs já visitados desta blogagem coletiva, entre outras observei as seguintes informações complementares ao conteúdo deste post :

Georgia nos conta uma tragédia familiar ligada à dengue.
Karina nos fala da pesquisa dos possíveis viveiros nos condicionadores de ar.
Oscar descreve uma metodologia para a procura de possíveis focos dos mosquitos.
Oscar relata a utilização de borra de café para exterminar as larvas.
Lucia Freitas aconselha que se facilite o acesso das equipes do Centro de Controle de Zoonoses.



15 comentários:

Meire disse...

guta, para nao te deixar sozinha tb ja' coloquei no ar.

Ficou muito bom o teu post.

E’ divulgando e cobrando por açoes neste sentido que coseguiremos acabar de vez com a Dengue!

Meire

Pedras e Cores disse...

Maria Augusta querida,
Muito bom o seu aviso contra a dengue...preciso e de alta útilidade ,pois explica na perfeição os sintomas desta doença tão perigosa e tantas vezes confundida com uma gripe forte até que seja tarde..ótima iniciativa da blogoesfera...

Adorei o seu "outdoor" com as novidades do que aqui acontece...ótimo...
bjs Vi

Lunna Montez'zinny disse...

Doenças como a Dengue põe em pé de igualdade qualquer país. Infelizmente. Aqui em São Paulo está uma briga feia contra a dengue, mas o problema principal são as pessoas que por mais que saibam o quanto é perigoso não tomar os cuidados necessários, agem como se fosse algo que fosse acontecer apenas com o outro, jamais com eles.

Bem, enquanto a consciência não for um bem comum entre todos continuaremos nessa situação inconveniente.

Ps. Tenho um desafio pra você lá no Livro Aberto. (Rs)

Flavia Sereia disse...

Maravilhoso o seu post. Temos mesmo que nos unir nessa guerra onde os perdedores seremos nós se nada fizermos.

bjs

Eduardo P.L. disse...

Maria Augusta,

primorosa sua postagem COLETIVA.
Linda estéticamente, clara na informação, objetiva como sempre!

Abçs

Karina disse...

Muito boa essa iniciativa, não? Por mais informados, acho q no fundo acreditamos q estamos livres desse tipo de problema. Enquanto escrevíamos os posts, nos demos conta q o tal mosquito esteve visitando nosso escritório. A solução da areia nos pratinhos foi adotada com urgência!
Bjks carinhosas

Mário disse...

Maria Augusta, o seu post está completíssimo. Parabéns!

luma disse...

Como lá em Santa Maria acharam focos de larvas do mosquito perto de uma estação rodoviária, supondo que ele tenha vindo de ônibus; porque não viajaria de avião? Beijus

Lucia Freitas disse...

Ê lindona! Mais uma blogagem juntas! Ô vida boa esta. Muito bom o teu post também, viu?
bj

Só- Poesias e outros itens disse...

Maria Augusta,
obrigado pelas informações do seu post.
Não tive tempo de preparar essa manifestação, mas fico contente em saber que existem pessoas como você que se preocupam como o tema.

bjs,


Jugioli

Maria Augusta disse...

Amigos, esta blogagem coletiva foi um sucesso, a Meire está de parabéns e todos os que participaram ou a incentivaram também. Agora a luta continua, a vigilância tem que ser redobrada a cada dia, temos que vencer esta guerra. Obrigada pelas visitas, aqui de longe não posso ajudar muito, mas estou torcendo para que este problema seja solucionado e a tranqüilidade volte aos lares brasileiros.
Beijos para todos.

Eduardo P.L. disse...

Maria Augusta,

seu Up Date foi muito oportuno. Obrigado.

tita coelho disse...

Ficou ótima tua postagem sobre a dengue! Vim conhecer teu blog...peguei o link no blog da Lunna! Gostei bastante...farei mais visitas!!
beijos

Flavia Sereia disse...

Temos mesmo que acabar com esses mosquitos.
bjs

Krika disse...

Olá parabéns pela iniciativa.Vou aderir, apesar daqui no Japão não ter-mos esse problema, tenho família no Brasil e inúmeras pessoas estão sendo afetadas.Não é justo um mosquito desse vencer a guerra ?!É trabalhando em equipe e concientizando o máximo número de pessoas que poderemos vencer.Muito objetiva e clara sua postagem.Beijos te espero lá no Bocaberta.