sexta-feira, 25 de janeiro de 2008

O Avesso do Avesso...




Cidade imensa e vertiginosa, do forte e do fraco, do rico e do pobre, do branco e do preto, do moderno e do antigo, é todo um mundo de contrastes onde tudo se complementa e se contradiz. Não deixa ninguém indiferente, por amá-la ou detestá-la, muitos já cantaram em verso e prosa esta megalópole que, como diz o baiano Caetano, é o avesso do avesso do avesso do avesso...

Querida São Paulo, Desde que te vi através de uma embaçada janela do velho Electra, meu coração, que batia Caimmy, começou a batucar Adoniran.Meus olhos, até então acostumados com a crueza do céu do meu sertão, orvalharam quando olharam para o seu. Emoção ou Cubatão, não importa. O importante é que até hoje eles vibram quando estou chegando aí e o tempo, de bom humor, abre frestas só pra você brilhar pra mim. Em você a indiferença jaz. Ou abre-se a boca de espanto, ou fecha-se os olhos de vergonha. Te adoro, minha velha. Adoro o seu cheiro de nada misturado com tudo. Seus Tons e Zés; seus Arnaldos e Antunes; seus Jucas e Fagundes. Poder ser Antonio ou Ermirio; Daslu ou Paulino; tomar caldo de cana e arrotar absinto.Onde no mesmo lugar Fasano e esfiha? Rita Lee e Turquia? Japão e Bahia? Te cuida, minha velha. Por muitos anos ainda quero te andar.

Janio Soares

São Paulo é uma referência no mundo. É crescimento desvairado. É solidariedade. É humanidade... Nasceu com o símbolo da educação... Hoje, educa... fortalece... desenvolve em seu mais profundo espírito... É metrópole desde o seu ponto zero até a tangência de seu quadrante.... São Paulo tem tudo a ver... Veja a cidade do alto... é sincronia de energias... abundância... amor... É São Paulo. Parabéns a essa cidade... hospitaleira em todos os sentidos!

Acacio Nascimento



São Paulo, Brasil solidário, berço abençoado no Pátio do Padre.
São Paulo, terra dos gigantes, eternos viajantes, peões e empresários.
São Paulo, rios e viadutos, alegrias e lutos, fonte de afeição.
São Paulo, sem definição! Castigo ou perdão? - Xaxado e baião.
São Paulo da complexidade e da filosofia de um bom botequim.
São Paulo, roteiro de amores e de dissabores, carma do sem fim.
São Paulo, tempero da vida, bela, mas...Bandida. Socorro! Ai de nós!
São Paulo do espírito inquieto, moleque irrequieto nas ruas, sinais...
São Paulo da Santa Poesia, da doce utopia, do norte sem cais...
São Paulo, que acolhe e domina, maltrata e ensina:
TE AMO....
Sem mais!

Goimar Dantas


Feliz Aniversário, ma grande!


22 comentários:

Eduardo P.L. disse...

Linda homenagem. Só morando tão distante como você, para fazer uma declaração dessas!

Parabéns!

Abçs

apoiofraterno disse...

Uma bela homenagem para São Paulo, maria Augusta. Confesso, porém, que o último quadro, onde tem a poesia, não deu pra ler não porque a letra da muito miúda ou eu to meio cego. Bom fim de semana.

Vi Leardi disse...

Linda ...lindíssima homenagem á esta nossa Paulicéia desvairada...

Das minhas mais lindas
lembranças...a chuva de triangulos prateados nos gramados do Ibirapuera nos idos do nosso quarto centenário...

Parabéns Maria Augusta e daqui o meu beijo paulistano {;-}}}

Vi Leardi disse...

Minha querida ...seu aniverssário??

Todas as alegrias...muitos ...muitos anos bons anos...e todos os meus beijos...

{;-}}}} {;-}}}} {;-}}}}....

{;-}}}}}} ....

Lino disse...

Gostei muito da introdução. Acho que é um belo retrato de São Paulo, o avesso do avesso.

Só- Poesias e outros itens disse...

Parabéns!!!!!

um ano novo bem vivido, bem amado,
bem curtido!!!!

bjs



ju gioli

Meire disse...

FelizCIDADE, para a nossa SAOSAO PAULO!

teresa disse...

Menina, eu achava que eu era bairrista, mas você me superou!!! rs. Parabéns para São Paulo e para você.

luma disse...

Tenho um lado meu paulistano. São Paulo é a minha segunda opção! Salve! Salve! Beijus

Maria Augusta disse...

Eduardo, à distância a gente vê coisas boas e más que não se percebe quando se está dentro. É uma outra visão. Um abraço.

Mário, obrigada pela visita. Desculpe, no meu navegador as letras não estavam muito pequenas, agora aumentei, espero que esteja mais legível. Um abraço.

Vi, obrigada pelos beijos paulistanos. Pois é, aniversariar junto com a cidade tem a vantagem de que no nosso aniversário era sempre feriado quando morava nela(rs). Um beijão.

Maria Augusta disse...

Lino, Caetano sempre soube encontrar as palavras, né? Um abraço.

Ju, obrigada pelas gentis palavras.
Um beijo.

Meire, esperemos que seja uma FELIZcidade, como você disse para todos seus habitantes.
Beijo.

Maria Augusta disse...

Teresa, obrigada, já fui bairrista, mas agora consigo enxergar as qualidades dos outros lugares também. Adoro São Paulo, mas reconheço que existem outros lugares legais (rs). Beijo.

Luma, quando penso que achava que você fosse argentina (rs). Um beijo.

luma disse...

Ah! A Lunna e a Márcia Kawabe, pensavam que eu fosse portuguesa! Quase, só 50%!
Maria Augusta, fui bisbilhotar a sua primeira postagem ou melhor, saber o que acontecia no dia 25 de Fevereiro do ano passado. Um mistério a ser desvendado. Deixei recadinho lá, na postagem do dia 20 de Março. Afinal, ontem (hoje aqui!) foi (é) seu aniversário?? Não me esconda nada!!
Se foi (é) seu aniversário, saiba que desejo que sua vida seja sempre um jardim, muito, muito florido! Beijus

Adelino disse...

Maria Augusta, meu duplo parabéns: pelo seu aniversário e pelo aniversário de São Paulo. O post está lindíssimo.
Que Deus lhe dê tudo de bom, muita saúde, paz, fellicidade, alegria por muitas e muitas décadas...
Beijos

Maria Augusta disse...

Luma, foi meu aniversário ontem, junto com São Paulo, obrigada. Já o bloguinhu ainda não tem um aninho, é um bebê...Beijos.

Adelino, muito obrigada, que assim seja para todos nós. Abração.

Lunna Montez'zinny disse...

Bela homenagem minha cara e essa cidade merece (claro). Sei que sou suspeita, mas São Paulo nos permite essa forma de abuso.
Abraços meus

Aninha Pontes disse...

Maria Augusta, minha recente e querida amiga.
Hoje depois dos problemas que tivemos com o PC, vi lá no Adelino que foi seu aniversário dia .
Pois então, vim trazer um beijo especial, com todo meu carinho, e já aproveitei e pedí ao papai do céu, que continue abençoando você todos os dias.
Que você tenha em sua vida, muito amor, muita saúde, muita alegria, muito din din, muito tudo.
Que os seus dias, todos eles sejam de muita felicidade.

PS: No site, clicando sobre o livro, tem informações como adquiri-lo, e recebe-lo no exterior.
Obrigada linda, todos os nossos beijos prá você.

Aninha Pontes disse...

Deixei lá em casa, um parabéns prá vc.
beijinhos.

Maria Augusta disse...

Lunna, parabéns pelo belo trabalho de pesquisa sobre a cidade. Você é uma paulistana de adoção, como a maioria. Beijos.

Aninha, muito obrigada pelo carinho, também desejo tudo de bom para você e os seus.
Beijão.

Só Magui disse...

Bela homenagem!
http://somagui.zip.net

Saramar disse...

Belíssimo post!
São Paulo merece por sua grandeza e também pelas linhas da dor, da construção diária.

beijos

denise disse...

Oi, meus parabéns! Felicidades, querida!
Que este ano seja de muita paz e sucesso em teus projetos.
Pois é, São Paulo é mesmo eletrizante. Tenho tantos amigos lá. Aprendi a amar esta cidade também.
Ótima semana pra você!
beijo, menina