domingo, 15 de março de 2009

O Boudoir

Photobucket

O desejo...é sem dúvida a mola do mundo, sempre Photobucketprocuramos satisfazê-lo e eles nos dá uma razão para ir em frente. Não vou falar do desejo de paz, de tranquilidade, de amor ao próximo...estes eu os chamaria aqui de aspirações. Vou falar de desejos mais terrenos, daqueles que apimentam a vida, que muitas vezes não passam do estágio de fantasias e nisto reside seu charme. E é nesta ótica que se situa o "boudoir".

Na realidade, ele era uma peça da casa situada entre a sala e o quarto, e um domínio exclusivo das mulheres. Nele elas vinham para ler, para se trocar, para relaxar, neste espaço íntimo e de Photobucketcompleta liberdade. Os homens, como eram excluidos deste ambiente, ficavam a fantasiar sobre o que as mulheres poderiam estar fazendo em seu interior, se estavam vestidas ou despidas, se elas estavam sós ou na companhia de um amante...qual segredo elas estariam guardando na intimidade do "boudoir"? E foi assim que surgiu esta aura de sensualidade e mistério em torno do "boudoir", um lugar que insinua sem revelar e onde todos os desejos são permitidos. O Marquês de Sade o imortalizou , com seu "A Filosofia no Boudoir", que traça a educação erótica e sexual duma mocinha feita por uma libertina, confirmando assim esta visão licenciosa que se tem desta peça tão misteriosa.

Photobucket

Senhoras e Senhoritas, suponhamos que hoje vamos sair do Jardin e entrar cada uma no seu "boudoir", onde se pode liberar o lado "material girl", todas os excessos são permitidos, todos os desejos podem ser manifestados. Deixe a imaginação voar e pense em quais objetos do desejo mesmo extravagantes você desejaria colocar neste cantinho íntimo e secreto : um livro de poesias ou um exemplar do Kama Sutra? Um filme erótico ou romântico? Aquele vestido caríssimo? Cliquem na imagem abaixo e vejam o que colocaria no meu...

Senhores, hoje excepcionalmente vocês podem entrar no boudoir tal qual ele habita a imaginação masculina. Toquem na fechadura (i.e., cliquem na imagem abaixo onde está escrito BOUDOIR para ver um diaporama sugestivo especial for men) que a cortina se abrirá...tenho certeza que vocês não vão ficar decepcionados...mas não esqueçam de voltar ao Jardin para contar se gostaram!

Photobucket



Este post faz parte da Tertúlia Virtual organizada pelo Varal de Idéias e pelo Expresso da Linha.


Aproveito a oportunidade para convidá-los para vir aqui no Jardin na próxima sexta-feira dia 20 de março, pois este blog estará comemorando 2 anos e teremos uma festinha e algumas novidades!

34 comentários:

Eduardo P.L disse...

Maria Augusta,

comentar sobre suas postagens é sempre um prazer, mas este se superou no humor, na graça, e principalmente na sensualidade, nada comum neste jardim austéro. Gostei e ri muito com seu texto malicioso, mas muito fino e elegante! Um post para as mulheres e que aguça a curiosidade masculina! Saiu-se magníficamente nesse DESEJO!Parabéns por mais esta linda e oportuna participação na TERTULIA!

Elma Carneiro disse...

Maria Augusta
M a r a v i l h o s a sua postagem, no que vem ao primeiro instante quando se fala em desejo, a maioria das vezes associamos mesmo a sensualidade, apesar de que nossa vida é movimentada e vivida por várias formas de desejo.
Amei abrir a cortina e ver com meus olhos aquelas imagens belas na penunbra e num clima bem coerente ao propósito do seu texto.
Sempre aguardo com prazer suas participações porque sei que ficarei encantada pela qualidade.
Prazer imenso ______ um abraço
Parabéns.

Kovacs disse...

Linda postagem, fotos escolhidas no clima do tema "Boudoir". Fiquei com saudades dos contos e diários de Anais Nin. Muito bom gosto e parabéns como sempre!

Maria de Fátima disse...

deliciosa postagem de graça, humor, sensualidade mesclada nesses dois dá esse bom gosto que apetece(desejo)

expressodalinha disse...

C'est très bien le boudoir de madame! Je voudrais bien y allez, mais cést pas la peine, les dames defends fort sont derniers redutes. Espero não ter dado muito erros neste dia de DESEJOS. E hoje desejei escrever francês, língua que aprendi aos meus seis anos. O tempo passou por esse boudoir e deixou uma beleza insustentátel. Muito bonito!

disse...

Maria Augusta ...estou ficando repetitiva,mas vc não cansa de me surpreender...Quantas facetas vc tem...A sensualidade deste post é maravilhosa; original e sugestiva com imagens lindíssimas.Como diz Eduardo uma delícia de diferente este teu texto malicioso e ao mesmo tempo tão elegante..Parabéns
beijos querida.

Ruvasa disse...

Viva, Maria Augusta!

Sim, o desejo é esse, o do boudoir.

Os outros são meras aspirações.

Abraço

Ruben

erupção_do_ser disse...

Meu desejo situa-se na essencia do primeiro "boudoir" onde cada detalhe, uma area bastante íntima leva-nos a desejar imensuráveis desejos.. Bela perspectiva!

peri s.c. disse...

maria augusta
Ótimo, ótimo, o cerne dos desejos.

Christi... disse...

Muito bom mesmo, toda essência de um estilo sensual e de desejos.
Belíssima postagem, virei sim, fazer uma visita pra felicitar a ti pelos dois anos daqui.

Ótimo domingo pra ti.

Bjs,

Chris

sonia a. mascaro disse...

Maria Augusta, a sua postagem está um requinte, um luxo, com uma sensualidade finíssima!
Parabéns à sua sempre maravilhosa contribuição!

Você acendeu em mim o Desejo de vir aqui no próximo dia 20 comemorar os seus dois anos de blog e conhecer as novidades!
Bjs.

Gaspar de Jesus disse...

Maravilhosa Poatagem!
Elegantemente maliciosa, carregada do mais fino humor.
Parabéns Maria Augusta.
Bjs
G.J.

Sueli disse...

Maria Augusta, eu pediria seu boudoir emprestado e levaria meu "nego" paa me fazer companhia. Não precisaria meisa nada ...rs. Adorei sua criatividade! Um abraço!

António Oliveira disse...

Post lindo. Muito interactivo, dinâmico e criativo.
Gostei da parte mais provocadora. Cinco estrelas.
Parabéns

Blog do Beagle disse...

Confesso minha ignorância: não sabia que boudoir era um espaço feminino. Adorei seu post e eu colocaria outras coisas no meu... Elza

Georgia disse...

Maria Augusta que belo post. Ficou excelente! Cada cantinho visitado foi agucado o cheiro da curiosidade e sexualidade. Sensacional e dia 20 estarei aqui com certeza como sempre. Pois eles Jardim é prá lá de colorido e perfumado.

Um grande beijo

€ster disse...

Obrigada Maria Augusta,

seu Boudoir é cheio de mistérios e encantos,

são tantos desejos, mas acima de tudo que vc seja muito feliz!


abs,

Meire disse...

Maria Augusta confesso a minha ignorancia, rs, eu nao sabia da existencia do boudoir.
Bjs

roserouge disse...

Lindo este post, cheio de sensualidade e beleza. Imagino que o boudoir fosse aquele espaço onde tudo acontecia...bj.

Ery Roberto Correa disse...

Maria Aaugusta, estou com Ruben: este o é desejo! Os demais são meras aspirações. Quem não eleva as fantasias acima dos limites possíveis ante as possibilidades de um lugar com o "boudoir"?!!

Acho que se alguém não vislumbrar qualquer desejo é melhor que se belisque para sentir se ainda vive...

Muito bom. Adorei!

Francisco Castelo Branco disse...

Muito boa postagem

Gostei

Luis Bento disse...

Se gostámos? Claro que sim. Foi uma abordagem não pelo objecto, mas pelo environnement do desejo. Lindo! Ah! e dia 20 cá estamos para a festa.

Flor ♥ disse...

Maria Augusta,

que maravilhosa posatagem... adorei o Boudoir, e os objetos do desejo!
Boa semana, beijos!

marialynce disse...

O seu post é um pequeno tesouro, um pequeno objecto de desejo!... Lindo e criativo, sensual e surpreendente, é o verdadeiro Desejo.
Surpreende-nos e atrai-nos logo quando o vemos, e ficamos com vontade de o seguir e descobrir.
E abrimos uma "portinha", descobrimos um "segredinho", realizamos o nosso desejo...
Lindo! Beijos e boa semana! Não esqueço dia 20 claro!

luzdeluma disse...

Eu quero um boudoir pra mim!!, mas ó: dispenso o livro de física!! (rs*) - Gostei, gostei da postagem!! Eu pra variar perdi o tertúlia. Boa semana! Beijus

Dalva disse...

Também quero um boudoir! E povoaria ele de muitos objetos de desejo!

Beijos!

Maria Augusta disse...

Amigos, obrigada a todos pela visita e pelos gentis comentários.
O "boudoir" é um cômodo que não existe mais nas residências atuais, ou quando alguém faz um "boudoir" na sua casa trata-se de um lugar familiar onde as crianças podem brincar, por exemplo, e "fazer bagunça" para que a sala fique sempre arrumada.
Mas essa aura de sensualidade sobre a palavra permaneceu, se você procurar "fotos de boudoir" na Internet, verá fotos "sugestivas" em posições provocantes, devido ao mistério que envolvia este lugar antigamente.
Abraços e uma boa semana para todos.

Nanda disse...

Gostei muito do seu cantinho, aprendi algo novo e como boa voyer que sou adorei bisbilhotar seu boudoir. Bjs.

Conceição Duarte disse...

Muito muito lindo! Adorei a ilustração de cada parte... Suspense, criatividade, sensualidade e o desejo! Muito bom!
Delicado, lindo!
Um beijo e boa semana, CON

acqua disse...

Boa tarde caríssima...
Infelizmente não participei da Tertúlia do mês. Mas se eu fosse participar escreveria sobre aquele momento perfeito em que eu desejo todos os dias, quando o silêncio alcança a pele e tudo para por raros segundos preciosos e você pode compor a intensidade de um sopro que leva para longe uma pétala ou outra que sua imaginação trás para a palma da sua mão.
O verso perfeito, ocorre poucas vezes... rs
Abraços meus

chicoelho disse...

Matou minha curiosidade,a imaginação masculina e sempre maior que a realidade.
Bjs

Dora disse...

Esse tema do Desejo foi ótimo! Li tantos textos e tão diferentes!
Mas, adorei o "boudoir"!!
Já, de primeira, escolhi aquele sofá macio e gostoso...e um livro de poesia, claro! As demais "coisinhas", eu até desejo, mas, um tanto esporadicamente...rs
Beijos, linda!
Dora

expressodalinha disse...

O boudoir inspirou a minha síntese!

Eduardo Santos disse...

Olá amiga. Interessante o seu Desejo. Excelente ideia, por que não fazer um bedoir para homens? Mas se assim fosse, teríamos que lhe chamar algo diferente, pois "Bedoir" é mesmo só para mulheres encantadoras e com personalidade própria. Foi um prazer passar pelo seu bedoir, perdão, pelo seu Jardim e deixar um comentário à sua participação. Tudo de bom para si.